A verdade é que ninguém gosta de ver seu cabelo cair, não é mesmo? É angustiante, assusta e dá medo. Medo principalmente que seja um problema permanente. Mas as boa notícia é que nem todos os casos estão relacionados a calvície.

Só para se ter uma ideia, estima-se que todos os dias perdemos entre 50 a 100 fios de cabelo, tanto para homens quanto para mulheres. Acredite: essa média é considerada normal.

Mas isso não significa que você não precise ficar atento. Afinal, embora a queda dos fios seja um processo natural, em virtude de vários fatores, quando a perda vem em número elevado, pode ser um problema.

E quais os sinais?

• Diminuição de volume do cabelo (de forma geral ou em determinadas áreas);
• Falhas no couro cabeludo;
• Afinamento dos fios ;
• Dificuldade em atingir o comprimento desejado.

Se você se identifica com esses sinais, talvez precise buscar a ajuda de um especialista. Ele é quem vai avalizar cuidadosamente seu caso e poder dizer se, de fato, seu problema está relacionado a perda de cabelo. Se estiver, poderá te indicar a melhor solução.

Existe tratamento?

Sim, existe. Mas o tratamento para queda de cabelo pode variar, conforme a constatação da fonte do problema. Assim, o procedimento inclui reposição hormonal ou anti-hormonal, utilização de shampoos, loções e de complexo de vitaminas A, C, E e Zinco.

Em casos mais específicos, o tratamento para queda de cabelo pode incluir também a mesoterapia capilar – que consiste na injeção de medicamentos nos bulbos capilares, a fim de estimular o surgimento de novos fios e o crescimento dos já existentes – e a terapia à laser, que estimula a multiplicação de células e fios. Cada caso é um caso.


Quer saber mais?
Então agende já uma avaliação.

Mitos