O estresse contribui para a queda de cabelo?

mitos

A queda de cabelo está, sim, associada ao estresse. Aliás, quando os fios começam a cair de forma mais acentuada é um sinal de que é hora de desacelerar e prestar mais atenção na saúde e no corpo – já que esse é um dos primeiros sinais de que as coisas não vão bem.

– A alimentação influencia na saúde do cabelo?
– Problemas de saúde podem causar a queda de cabelo?

Pesquisas comprovam que, ficar em alerta constante, pode fazer com que o cérebro produza substâncias que levam à queda capilar – o que justifica a perda de fios em épocas mais difíceis ou atarefadas da vida. Porém, esse problema não é definitivo. Ao realizar um tratamento adequado e atividades que contribuam para a diminuição do estresse, os fios voltam a crescer com saúde e brilho.

O tratamento para queda de cabelo pode variar de acordo com a causa do problema. Porém, é comum que sejam indicados complexos de vitaminas, shampoos e outros tipos de produtos destinados à revitalização capilar e recuperação dos fios.

Em casos mais extremos podem ser indicadas também, para o tratamento da queda de cabelo, a massoterapia capilar e a terapia à laser, que irão estimular a multiplicação e o crescimento de novos fios.

É importante estar atento, porém,  que o estresse não é o único culpado pela queda de cabelo. Alimentação com falta de proteína e ferro, problema de tireoide, casos de calvície na família, recuperação de cirurgias e uso constante de chapéus e bonés também podem culminar na diminuição dos fios.

RECUPERE SUA AUTOESTIMA

Não perca mais tempo!

Agende sua consulta e surpreenda-se com o resultado.

Agende